Super User

Super User

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Política de Privacidade e Proteção de Dados e Política de Cookies

Published in Conteúdo

 

POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTEÇÃO DE DADOS

O Centro Dr. João dos Santos – Casa da Praia está empenhado em proteger a sua privacidade e a dos que a ele recorram. Esta Declaração de Privacidade aplica-se ao site “casadapraia.org.pt” e gere a recolha de dados e sua utilização. Ao usar este site, aceita as práticas de gestão de dados descritas nesta declaração.

O Centro Dr. João dos Santos – Casa da Praia também poderá usar a sua identificação pessoal para informá-lo de outros produtos ou serviços disponíveis a partir da Instituição. Os dados que constam dos formulários do nosso Website serão reunidos numa base de dados e usados para realizar os serviços para os quais os dados foram fornecidos. Garantimos a confidencialidade dos dados recolhidos e em caso algum serão cedidos a terceiros, sem prejuízo do disposto no art. 23º do Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de Abril de 2016.

Todas as questões relacionadas com este Web site devem ser endereçadas a:

O Centro Dr. João dos Santos – Casa da Praia

Travessa da Praia Nº6 
1300-470 Lisboa 
 

Email: casadapraia@mail.telepac.pt

Telefone:  213 622 582

Telemóvel:  969 458 938

Se deseja obter mais informações sobre a proteção de dados pessoais, contacte a Comissão Nacional de Proteção de Dados Pessoais, Rua de S. Bento, 148, 3º, 1200-821 Lisboa, telefone 21 392 84 00, fax 21 397 68 32, email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou o site http://www.cnpd.pt.

 

POLÍTICA DE COOKIES

Cookies são pequenos ficheiros de texto que o Site coloca no seu computador, smartphone ou tablet, ao aceder.

Estes ficheiros recolhem um conjunto de informações sobre a sua navegação no site e são utilizados para facilitar a sua experiência de utilização e torná-la mais simples, e não danificam o seu computador.

A informação recolhida pelos nossos cookies ou cookies de terceiros traduz-se em variáveis de sessão e padrões de utilização e tem como principal objetivo a adaptação do site aos interesses dos nossos utilizadores e identificar o utilizador durante a sessão. Esta informação tem como única finalidade viabilizar e melhorar o desempenho técnico do Site e a sua experiência de utilização

Os cookies neste Site são utilizados nomeadamente para:


Cookies analíticos - para fornecer dados estatísticos anónimos relativos à utilização dos sites, como por exemplo, os sites de onde provêm, as páginas visitadas, o número de visitantes e o software utilizado pelo cliente.


Cookies de funcionalidade
 - guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, para que não seja necessário voltar a configurar o site cada vez que o visita.

Cookies de sessão - são "cookies" temporários que permanecem na pasta de "cookies" do seu browser até que abandone a página Web, sendo que nenhum fica registado na unidade de disco do utilizador. As informações obtidas por meio destes "cookies" servem para analisar tipos de tráfego no site, oferecendo assim uma melhor experiência de navegação, melhoria de conteúdos disponibilizados e maior facilidade de utilização.

Este Site não utiliza cookies para outras finalidades pois
não armazenam qualquer informação pessoal dos utilizadores, considerada sensível. Da mesma forma, também não utilizamos cookies para encaminhar publicidade aos nossos utilizadores, seja para fins publicitários próprios ou de terceiros.

A informação armazenada pelos nossos cookies é utilizada exclusivamente pelo próprio utilizador enquanto navega no site, sendo eliminada quando este termina a sua sessão no browser de Internet.

Os cookies podem ser descativados no seu browser. No entanto, ao realizar esta Acão, deixa de contribuir para a melhoria contínua que pretendemos oferecer sempre aos nossos clientes e algumas funcionalidades poderão deixar de estar acessíveis.

Para bloquear ou apagar os cookies, pode fazê-lo modificando a configuração do seu browser no menu “Preferências” ou “Ferramentas”. Para mais detalhes sobre a configuração dos cookies, consulte o menu “Ajuda” do seu browser.

Nos links seguintes poderá encontrar informação mais detalhada de como configurar ou desactivar "cookies" em cada browser: Google Chrome, Mozilla, Firefox, Internet Explorer, Safari, Safari para IOS (iPhone e iPad), Chrome para Android.

Ler Mais

1º Encontro - PARE, ESCUTE E PENSE

Published in Conteúdo

 

PARE, ESCUTE E PENSE
O sentir, o pensar e o agir na evolução das crianças.

1999 – (Atas do 1º Encontro do Centro Dr. João dos Santos - Casa da Praia)

Conferência “Sentir, pensar e agir” - Emílio Salgueiro
Mesa Redonda “ A Casa da Praia: Modelo de Intervenção” - Teresa Ferreira, Fernanda Ramos, Ilda Silvério, Eulalia Barros, Teresa Goldschmidt
Conferência “Pode a televisão ajudar a aprender?” - Maria Emília Brederode dos Santos, José Carlos Abrantes
Mesa Redonda “Inclusão/Exclusão escolar”- Filomena Pereira, Helena Coelho, Luis Simões Ferreira, Isabel Braga, David Rodrigues 
Conferência “Why wond’t they learn?” - Richard Rollison, Pedro Strecht
Mesa Redonda “Escola Criativa”- Ana Maria Vieira de Almeida, Maria Augusta Seabra Diniz, José Robalo, Pedro Onofre
Mesa Redonda “A Criança na Cidade dos Homens” - Armando Leandro, António Coimbra de Matos, Ricardo Martinez, João Seabra Diniz

Ler Mais

Bibliografia

Published in Conteúdo

Obras editadas pelo Centro Dr. João dos Santos 

Actas do 1º Encontro do Centro Dr. João dos Santos - Pare, Escute e Pense, Lisboa, 1999.

Actas do 2º Encontro do Centro Dr. João dos Santos - Transições- da 1ª infância à adolescência, Lisboa, 2002.

Actas do 3º Encontro do Centro Dr. João dos Santos - Crises e Rupturas- a criança, a escola e a família em sofrimento, Lisboa, 2004

Actas do 4º Encontro do Centro Dr. João dos Santos – Construção e reparação da vida psíquica no meio escolar, Lisboa, 2009.

CASTILHO, C., STRECHT, P. (coord). João dos Santos, memórias para o futuro. Lisboa: Centro Doutor João dos Santos, 2014. 

CASTILHO, C. – Os sentimentos na ponta dos dedos, Lisboa: Centro Doutor João dos Santos, 2015.

Artigos sobre a Casa da Praia inseridos em obras editadas pela instituição

GOLDSCHMIDT, T. (1999). A Casa da Praia: Estudo descritivo de uma amostra de 50 casos. Pare, Escute e Pense. Actas do 1º Encontro do Centro Dr. João dos Santos. Lisboa: Centro Dr. João dos Santos- Casa da Praia. Pp. 76-77.

RAMOS, F., SILVÉRIO (1999). A Casa da Praia: modelo de intervenção. Pare, Escute e Pense. Actas do 1º Encontro do Centro Dr. João dos Santos. Lisboa: Centro Dr. João dos Santos- Casa da Praia. Pp. 47-61.

RAMOS, F., SILVÉRIO (2002). Projecto de Prevenção em Saúde Mental Infantil. Transições- da 1ª infância à adolescência. Actas do 2º Encontro do Centro Dr. João dos Santos. Lisboa: Centro Dr. João dos Santos- Casa da Praia. Pp. 183-214.

SALGUEIRO, E., CASTILHO, C., DORES, M.L. (2002). Follow-up – 25 anos da Casa da Praia. Transições- da 1ª infância à adolescência. Actas do 2º Encontro do Centro Dr. João dos Santos. Lisboa: Centro Dr. João dos Santos- Casa da Praia. Pp. 271-287.

SALGUEIRO, E., CASTILHO, C., SILVÉRIO, I., GAMITO, D. (2004). Projecto de Prevenção em Saúde Mental Infantil. Actas do 3º Encontro do Centro Dr. João dos Santos. Lisboa: Centro Dr. João dos Santos- Casa da Praia. Pp. 175-207.

STRECHT, P., CUNHA,C., FIGUEIREDO, E., POPPE, F. - Construção e reparação da vida psíquica no meio escolar. Actas do 4º Encontro do Centro Dr. João dos Santos – Construção e reparação da vida psíquica no meio escolar. Lisboa: Centro Dr. João dos Santos- Casa da Praia. Pp. 83-111.

Outras edições e artigos sobre a Casa da Praia

AA. - Para Pais sobre Filhos: Um Projecto de Intervenção com Famílias. In Crianças e Jovens em risco: a Família no centro da intervenção. Pp. 227-249. Coord. Daniel Sampaio, Hugo Cruz e Maria João Leote. Lisboa/F. Calouste Gulbenkian / Princípia, 2011, Pp- 226-249.

CASTILHO, Clara, SALGUEIRO, Emílio (coord). O segredo do Homem é a própria infância: O Centro Doutor João dos Santos – Casa da Praia: 30 anos depois. Lisboa: Assírio e Alvim, 2005.

CASTILHO, C – “Histórias de árvores e suas ligações a histórias de traumatismo” – Revista Port.Pedopsiquiatria,  nº 22, 2007, Pg.17-34.

CASTILHO, C, RAPOSO, H.- “À procura do risco para prevenir”, Actas V Conferência Psicologia nos cuidados de saúde primários, Lisboa: ISPA, 2006. Pp 103-117.

BARROS, E., MARTA, F., MORATO, P., RODRIGUES, ª (1990) João dos Santos e a Pedagogia Terapêutica na “Casa da Praia”. Revista de Educação Especial e reabilitação, (1) 3. Pp. 32-40.

BARROS, E. - Andar na Escola com João dos Santos. Lisboa: Editorial Caminho, 1999.

FERREIRA, T. – Saúde Mental e Aprendizagem – Cadernos do Internato, nº 2, CSMIJL, 1990.

MARTA, F., RODRIGUES, – Motricidade Terapêutica em Saúde mental Infantil – Abordagem a uma metodologia de intervenção. Revista de Educação Especial e reabilitação, 2, 1994,Pp. 75-86.

RODRIGUES, A., HORTA, J., SANTOS, R. -  A família e os problemas de comportamento – Estudo de um grupo de crianças do Centro Doutor João dos Santos –Casa da Praia. Revista de Educação Especial e Reabilitação,  6(2) 3,1999, Pp. 49-74.

RODRIGUES, A., GAMITO, D., NASCIMENTO, D. - Ecos e Espelhos de mim – a Psicomotricidade em Saúde Mental Infantil. Revista de Educação Especial e Reabilitação, 8(2),2001, Pp. 49-58.

RODRIGUES, A., MARTINS, S. RODRIGUES, V- Psicomotricidade e Pedagogia Terapêutica – Relato de uma experiência no Centro Doutor João dos Santos – Casa da Praia. A Psicomotricidade (1)1, 2003,Pp 85-96 

STRECHT, P. e colaboradores - Projecto Casa da Praia: Um estudo piloto de 19 crianças com dificuldades na iniciação à aprendizagem in Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria, nº 8, 1995, Pp.51-58.

SANTOS, J. - A Casa da Praia – O psicanalista na Escola. Lisboa: Livros Horizonte, 1999.

Obras relacionadas ou com a instituição ou com João dos Santos

BRANCO, M.E.  Pensamento e Obra de João dos Santos. Lisboa: Livros Horizonte, 2000

BRANCO, M.E  - João dos Santos – Saúde Mental e Educação. Lisboa: Coisas de Ler, 2010.

BRANCO, M.E. - João dos Santos - Saúde Mental Infantil em Portugal. Lisboa: Coisas de Ler, 2014.

CASTILHO, C. – A mãe e a escola como promotoras da inclusão social das crianças com Necessidades Educativas na abordagem de João dos Santos, in “Histórias de Mulheres – amor, violência, educação”, Edições UFC, Fortaleza, 2015.

CASTILHO, C. – “1979 – Ano Internacional da Criança em Portugal – o impulso na direção dos direitos da criança e o papel de João dos Santos”, in   Pedagogia Terapêutica – Diálogos e estudos luso-brasileiros sobre João dos Santos, Edições UFC, Fortaleza, 2016.

FERREIRA, T. Em Defesa da Criança. Teoria e prática psicanalítica da infância. Lisboa: Assírio & Alvim, 2002.

SALGUEIRO, E. – “Homenagem a João dos Santos - Pedagogo de adultos” comunicação apresentada no Enc. Dedicado à divulgação do pensamento e acção de João dos Santos, CEFEP, 21.03.89, Fundação C. Gukbenkian 

SALGUEIRO, E. Sentir, pensar e aprender Homenagem a Serge Lebovici no seu 89º aniversário. Análise Psicológica, 1 (XIV). Lisboa: I.S.P.A,1996, Pp.53-59,.

STRECHT, P. - Para uma escola feliz. Lisboa. Escola Vale do Rio, 1995.

VIDIGAL, M.J.- Com João dos Santos, antes, agora e depois. Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria, nº 8, Lisboa, 1995,Pp.39-47.

VIDIGAL, M.J. - Memórias de Utopias – Elementos para uma História da Saúde Mental Infantil em Portugal, Lisboa: ISPA, 1999.

Ler Mais

Nota biográfica de João dos Santos

Published in Conteúdo

DOUTOR JOÃO DOS SANTOS (1913-1987)
 

Médico, psiquiatra, psicanalista e pedagogo, pioneiro da moderna saúde mental infantil e juvenil em Portugal. Fundador de várias obras e instituições. Autor de diversos trabalhos publicados em vida e de outros posteriormente revistos e divulgados por profissionais de diversas áreas.


1913 - Nasce em Lisboa.

1936 - Termina o curso de professor de Educação Física 8antigo ISEF, atual FMH).

1939 - Termina o curso de Medicina, especializando-se em psiquiatria.

1945 – Trabalha nos Serviços de Psiquiatria Geral do Hospital Júlio de Matos. Participa numa reunião do MUD (Movimento de Unidade Democrática), subscrevendo o pedido de eleições livres.

1946 – É demitido do cargo de 1º Assistente do Hospital Júlio de Matos e impedido de entrar em qualquer hospital, ficando desempregado. Vai, então, para França, durante quatro anos, onde trabalha, com o estatuto de funcionário público, com grande vultos da Psicologia, Psiquiatria e Psicanálise (nomeadamente no Centro de Pesquisas Científicas de Paris).

1947 – É admitido pela Comissão de Ensino da Sociedade Psicanalítica de Paris, pertencendo à segunda geração de psicanalistas franceses ligados a Freud.

1950 – Regressa a Portugal, onde trabalha na clínica privada de Barahona Fernandes.

1951-52 – Funda e dirige os dois primeiros Centros Psicopedagógicos em Portugal: na Voz do Operário e no Colégio Moderno.

1952 – Participa na criação da Secção de Higiene Mental no Centro Sofia Abecassis.

1954 – Participa na fundação do Colégio Claparède.

1955 – Conjuntamente com Henrique Moutinho e Maria Amália Borges, criou o Centro de Recuperação Visual (mais tarde Centro Helen Keller). É readmitido, oficialmente, no Hospital Júlio de Matos, passando a dirigir a sua Secção Infantil.

1956 – Participa na fundação da Liga Portuguesa de Deficientes Motores.

1958 – Participa na fundação da Associação Portuguesa de Surdos e a Secção de Paralisia Cerebral.

1964 – Apresenta um plano para a organização do Centro de Saúde Mental Infantil de Lisboa, iniciativa percursora no sector da Psiquiatria em Portugal.

1965 - É criado o Centro de Saúde Mental Infantil de Lisboa e nomeado seu Director, cargo que ocupa até à sua jubilação dos cargos públicos, em 1982.

1968-1973 – Ministra o Curso de Saúde Mental, na Escola Nacional de Saúde Pública.

1971 – Participa na fundação da Liga Portuguesa Contra a Epilepsia.

1973 – Participa na fundação da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. 

1974 – Integra a Comissão encarregada pelo Ministério dos Assuntos Sociais de estudar e regulamentar uma política de protecção da maternidade e da primeira infância.

1975 – Cria um novo Serviço no Centro de Saúde Mental Infantil de Lisboa, a Casa da Praia (que existiu como estatal até 1992, altura em que foi extinto, tendo prosseguido, com os mesmos objectivos, como Instituição Particular de Solidariedade Social).

1979 – É encarregado do Curso de Psicopatologia Dinâmica da nova Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, onde lecciona até 1982.

1982 – Compila os artigos da sua coluna do “Jornal da Educação”, assim como outros que escrevera desde 1953, e que foram publicados em dois volumes, com o título “Ensaios da Educação”.

1983 – Realiza, na Rádio Comercial, uma conversa semanal com João Sousa Monteiro, que ficaram registadas em dois livros – “Se não sabe porque é que pergunta” e “Eu agora quero-me ir embora”.

1985 – É-lhe atribuído o título de Doutor Honoris Causa pela Faculdade de Motricidade Humana, da Universidade Técnica de Lisboa.

1987 - Morre em Lisboa, no dia em que dá por terminada a sua última obra “A Casa da Praia – o psicanalista na escola”.




OBRA DE JOÃO DOS SANTOS 

  1. Funda a Secção de Higiene Materno-Infantil de Campo de Ourique, mais tarde chamado Centro Sofia Abecassis, onde, pela primeira vez, em todo o mundo, se aplicou um programa de Saúde Mental para a primeira infância.
  2. Funda o Colégio Eduardo Claparède destinado a crianças-problema e onde se iniciou em Portugal o primeiro Seminário Psicopedagógico e uma Escola de Pais.
  3. Com a pedagoga M. Amália Borges, cria em 1954 os dois primeiros Centros Psicopedagógicos existentes em Portugal: nas escolas da mais importante associação operária “Voz do Operário” (cerca de 1200 alunos) e no colégio privado “Colégio Moderno” (cerca de 500 alunos).
  4. Cria a Liga Portuguesa de Deficientes Motores (1956), associação que, um ano mais tarde cria a secção de Paralisia Cerebral que deu lugar ao primeiro Centro de Paralisia Cerebral em Portugal.
  5. Com Henrique Moutinho cria a primeira classe para crianças amblíopes existente em Portugal e mais tarde (1956) o Centro Hellen Keller, destinado à prevenção, tratamento e reeducação de crianças deficientes visuais. Foi o primeiro centro no mundo que integrou na mesma escola crianças cegas, amblíopes e de visão normal.
  6. Participa na fundação da Associação Portuguesa de Surdos.
  7. Com Dora Bettecourt funda a Liga Portuguesa contra a Epilepsia (1968).
  8. Funda, com outros psicanalistas, a Sociedade Portuguesa de Psicanálise.
  9.  Colabora na criação do Centro de Saúde Mental Infantil de Lisboa de que foi o seu primeiro director. Aí existiram desde o início, equipas de serviço ambulatório no Dispensário Central e no Dispensário do Hospital Dona Estefânia, além da equipa das clínicas infantis do Hospital Júlio de Matos. Mais tarde foram criados outros serviços como o Laboratório de Electroencefalografia, Laboratório de Bioquímica, a Escola dos Cedros – serviço de adolescentes, a Casa da Praia – Externato de Pedagogia Experimental e a Unidade de Primeira Infância (UPI).
  10. É o sócio nº 1 do Instituto de Apoio à Criança (1983).



BIBLIOGRAFIA
 

 
Ler Mais
Subscribe to this RSS feed
×

Log in